terça-feira, 26 de novembro de 2013

Luanda - dia 1

Um dia disseram-me que aterrar em Luanda é um murro no estômago, não podia concordar mais!  Olhas a tua volta e percebes o significado de 3o mundo.  Estou em Talatona, uma cidade mais ou menos normal, comparado com aquilo que já vi. Sinto me protegida aqui. Esta semana é para tratar de papelada, montar a casa e a clínica. 
A despedida foi dolorosa, muitas lágrimas, abraçados apertados, abraços de tristeza profundo por deixar quem amo para trás em busca de crescimento pessoal e profissional, senti me egoísta. Como posso estar a causar este sofrimento a tanta gente. Penso que vai passar rápido, agarro me a esta ideia com unhas e dentes para me confortar.
Ontem consegui falar com alguns por skype, aliviou o coração. 

6 comentários:

  1. Vai correr tudo bem! que o tempo passe depressa
    Força!

    ResponderEliminar
  2. Boa sorte minha querida!
    Nao penses muito no que ficou, é temporário, aproveita o presente e sê feliz :)

    Bjnhs

    ResponderEliminar
  3. Vai correr bem, é difícil estarmos longe. No meu caso não fica mais fácil com o passar do tempo, mas aí acredito que seja mais fácil de te habituares e fazeres amigos e o calorzinho faz sempre bem à alma...não estás a ser egoísta, estás a ser uma lutadora. Não é nada fácil emigrarmos, só quem passa por isso percebe...sê feliz e encara esta fase com entusiasmo e como um aventura. Aproveita o máximo do país, da cultura...:) e sim o skype é uma ajuda preciosa

    ResponderEliminar
  4. Não penses no que ficou... vai passar rápido e daqui a uns anos vais recordar esta tua fase da vida. Que valha a pena, e que corra tudo bem isso é que importa.

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  5. É uma nova etapa! Vais ver que vais colher frutos dela!

    ResponderEliminar
  6. É um mundo novo, acredito.
    Que corra tudo bem!
    Bjs

    ResponderEliminar