sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Datas importantes na minha vida



Há datas que nos marcam, esta sem dúvida é uma data que nunca  vou esquecer, para além de ser o dia de aniversário do meu príncipezinho, foi há uno que mudei totalmente a minha vida. Faz 1 ano que eu e o meu ex namorado acabamos. Namoramos 4 anos, acabamos a bem e somos o exemplo que é possível ex namorados serem amigos, terem um grande carinho um pelo outro, sabemos que podemos contar um com outro, conseguimos rir das nossas coisas sem problemas e divertimos-nos os dois. Simplesmente o nosso amor acabou, crescemos em sentidos opostos. Acabamos abraçados um ao outro com a certeza que a nossa amizade e o respeito que temos um pelo outro não ia acabar. Compreendo que haja namoros que acabem que seja impossível ficar uma amizade. Eu sempre pensei que uma pessoa que partilhe tua vida durante algum tempo, que te conhece muito bem, conhece a tua família, conhece teu mundo não pode ser uma pessoa que  se passe  na rua e ser tratado como um estranho. Sei que há casos que isso acontece e que não há outra hipótese e tenho a noção que a relação que tenho com o meu ex namorado só é possível porque as coisas acabaram bem resolvidas.
Este ano foi um ano em que aprendi a viver sozinha, de auto-conhecimento. Sempre fiz o disparate de não ter grandes pausas entre as minhas relações, aconteceu simplesmente. Não sabia o que era viver sem ninguém ao meu lado. Criei a minha rotina, dediquei-me aos meus amigos, diverti-me muito, conheci pessoas fantásticas, os amigos que tinha enquanto namorava continuaram,  alguns até se fortalecerem. E não podia estar mais feliz com o caminho que estou  a seguir.  Acho que até há bem pouco tempo não me sentia preparada para ter alguém a sério na minha vida, me dedicar alguém, até porque deixei de acreditar em relações e que as coisas duram. Tornei-me um pouco fria em relação a estas coisas. 
Actualmente sinto-me de coração aberto, sinto que algo de bom poderá estar a acontecer na minha vida. Continuo a acreditar pouco que as coisas durem e que o amor seja eterno, mas quero contrariar isso e quero me entregar alguém que sinta que mereça, alguém  que me faça sentir bem, me trate bem, alguém do qual eu sinta orgulho. Ao fim de um ano sinto que tomei a decisão certa e sinto-me muito feliz.

1 comentário:

  1. Chegares ao fim de um ano e este ser o teu balanço só pode mesmo significar que tomaste a opção certa. Que é esse o caminho. Não há nada melhor do mundo do que nos sentirmos simplesmente... felizes. :)

    ResponderEliminar