quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Há grande Filomena burlona ..



Para quem desconhece, Filomena é uma mulher de 53 anos de Estremoz, é muito espertaaaaa  e é conhecida por  não pagar multas de trânsito, mas também por se esquecer de liquidar as contas nos hotéis e pensões onde tinha por hábito pernoitar, e ainda por fugir (mais uma vez sem pagar) de postos de abastecimento depois de atestar o depósito, começou a acumular queixas nos postos da GNR e nas esquadras da PSP. 

Parece que foi apanhada, como tantas outra vezes que foi presa, ficava umas semaninhas e saía em liberdade
Segundo quem a conhece é uma mulher “destemida”, porque “atira-se de cabeça mesmo sabendo que está a fazer mal feitos”, “desembaraçada” porque “ela lá os engana sempre... Vai presa e sai... Dizem que não paga mas anda sempre por aí”, e “tesa”, porque é capaz de “levar a sua avante” mesmo quando confrontada com a verdade (o cometimento de crimes).

Nos últimos meses, acossada por todos os lados, com polícias, tribunais e credores diversos, terá mudado de estratégia para continuar a burlar. Consoante o carro que conduzia (sim, parece que mudava de carro com frequência, “comprando” em stands diversos) assim se dirigia a uma oficina da marca do veículo, dizendo que o mesmo avariara e que precisava que lhe cedessem uma viatura de substituição. Ameaçava até com o livro de reclamações, caso não lhe quisessem satisfazer o perdido. Com esse ardil despistava perseguidores, uma vez que abandonava os carros entretanto procurados, e conseguia outros (os de substituição) com os quais fazia mais uns milhares de quilómetros. E à noite, para não variar, hospedava-se em hotéis e pensões que depois abandonava sem pagar.


Filomena Burlona, estou contigo ... és o exemplo como de vez em quando o "Crime compensa" e para além disso vais passar umas ferias à Prisão e depois voltas...

Sem comentários:

Enviar um comentário