segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Filmes da minha vida - Sem Tempo

Sem dúvida um filme que vai marcar a minha vida.
Adore.
Num futuro próximo, a genética veio revolucionar a vida humana ao conseguir manipular o gene do envelhecimento. Assim, após os 25 anos ninguém envelhece. Mas, para evitar problemas de sobrepopulação, a morte passa a depender do tempo que cada um tem, tempo esse que passou a servir de moeda de troca, substituindo o dinheiro. Compra-se tempo, ganha-se tempo, compra-se com tempo, vende-se por tempo. É assim que quem é rico tem a imortalidade ao seu alcance, enquanto os pobres morrem jovens.
Aos 28 anos, Will Salas (Justin Timberlake) esforça-se por sobreviver e, de maneira a ganhar vida extra, está ligado ao submundo das lutas ilegais. Até conhecer Henry Hamilton (Matt Bomer), um milionário desiludido que, aos 105 anos, está farto de viver. Ao conhecer a história e a sede de vida do seu novo amigo, Henry passa-lhe todo o tempo que lhe resta e suicida-se, não imaginando o que a sua morte iria desencadear. Will acaba acusado de assassínio e perseguido pela polícia que, aparentemente, esconde algo que ninguém poderia imaginar. Publico

Adorei a cima de tudo a companhia..

Sem comentários:

Enviar um comentário