segunda-feira, 30 de julho de 2012

As vezes fico surpreendida com as pessoas.  Quem não tem na sua vida uma pessoa que está sempre a julgar os outros, que implica com tudo ... que se bebe é porque bebe, se come é porque come, se não bebe é porque não bebe, se não come é porque não come. Pessoas que simplesmente não conseguem ter vida própria e que olhar à sua volta a apontar o dedo é prioritário do que se olhar ao espelho. Em que tu até tens dificuldade em ser tu própria. Mas para isso há bom remédio, o afastamento.  Tens fases na vida em que  apesar de  não te identificares muito, vais suportando, porque essas pessoas têm o seu lado bom, mas chega a um altura em que simplesmente deixas de ter paciência, deixas de crer ter pessoas assim ao teu lado.


Sem comentários:

Enviar um comentário