quarta-feira, 13 de julho de 2016

Resistência à mudança

Ontem estava na minha aula de ginásio preferida, o zumba, a dançar e a pensar no tempo que demorei até conseguir mudar de ginásio.
Mudei de casa há mais de um ano, o outro ginásio ficava a caminho da casa dos meus  pais, frequentava desde o dia que abriu, inscrevi-me em construção. Quando mudei achei que fazia o desvio e ia ao mesmo, adorava o ginásio, as condições, sabia o horário de cor e salteado, não posso dizer que conhecia as pessoas porque confesso que no ginásio sou um bocado anti-social mas conhecia um professor ou outro.
Na verdade é que com o tempo ia cada vez menos, porque era desviado, fora de caminho e a vontade já é pouca, ter que fazer o desvio, apanhar aquele transito era mais uma desculpa.
Lá me mentalizei que tinha que mudar de ginásio, um para ao pé de casa, o que anda o meu namorado.
Estou lá desde Abril e estou a adorar. Em vez de uma vez por semana tenho zumba 2 vezes, adoro o professor, super animado, super simpático. Diverti-me muito mais nesta aula do que do outro ginásio. Também tem step coreografado que adoro e não fazia há anos, o jeito também mudou para pior!  

As vezes custa-nos a mudança mas quem  sabe que não será para bem melhor? Quem não arrisca não petisca.

Sem comentários:

Enviar um comentário